domingo, 27 de maio de 2012

Árvore - Semente Preciosa


Árvore (Semente Preciosa)

Pensar que saiste de um grãozinho singelo
semente preciosa nas profundezas
solidão, trevas e abandono...

Busca a força que dorme em ti mesma
e, rompa como num parto
a cela fria em que te aprisionas...

Vitoriosa!...Rasga a terra e te elevas
rumo ao infinito que é
o teu glorioso destinar!

Apoia-te nas próprias raízes, e
te ergas para servir como anseias
p'ra deixar correr em teu seio a seiva que alimenta...

Aos olhos do poeta
dá de tuas flores pela brisa balançadas
poesias cheias!

Generosa e altaneira é a amiga que oferece
ao viajor cansado da jornada
tua sombra em suaves embalos...

Onde se abrigam das intempéries
indefesos seres alados
em teus braços em ramas um suporte!

E, tu prossegues, ainda
doando o ar que respiras
à custa do sangue das tuas entranhas
a própria morte!


Maria Lucia (Centelha Luminosa)